Perdi o prazo de entrega do Imposto de Renda. E agora?

1632
ads-topo-3

Mais de 2,8 milhões de contribuintes obrigados a entregar a declaração do Imposto de Renda 2016 não concluíram o processo até as 15h desta sexta-feira (29), a menos de 9 horas para o fim do prazo, 23h59. O número já dizia que muitos atrasadinhos perderiam a última oportunidade de fazê-la

Se você está lendo esse post neste instante, provavelmente foi um dos que ficaram para trás. Tudo bem, até o momento não há informações de quantos, mas muita gente vai ter que arcar as consequências de não cumprir com a sua obrigação dentro dos 60 dias oferecidos pela Receita para este ano.

“Este ano o contribuinte atrasou um pouquinho mais. Está claro que muito mais gente deixou para as últimas horas”, disse o supervisor de Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, durante entrevista ao portal de notícias Agência Brasil.

Os motivos são diversos, mas do que adianta chorar pelo leite derramado? Veja abaixo o que deve (vai) acontecer com quem descumpriu o prazo.

Multa

Quem não efetivou a entrega da declaração do Imposto de Renda até as 23h59m desta sexta está sujeito a multa de R$ 165,74 ou 1% do imposto devido por mês de atraso. Prevalecerá a de maior valor.

Entretanto, de segundo a Receita, o máximo que a multa pode chegar é 20% do imposto devido.

Passado esse período e essa experiência, vale já começar a guardar tudo o que é necessário para a declaração do Imposto de Renda 2017.

Comece pelos holerites, recibos de médicos e dentistas e tantas outros documentos seus e de seus dependentes.

* É permitida a reprodução parcial ou total deste material, desde que citada a fonte com link.

Comentários

Comentários