Método Canvas nos escritórios de contabilidade

2503
ads-topo-3

Inovar é uma ação diferenciada que pode determinar o sucesso – ou fracasso – de um negócio, de qualquer área, de qualquer tamanho e em qualquer lugar. É sempre um risco, bom ou mau.

E para inovadores que pensam em assumir riscos bons e buscam o sucesso do seu negócio em meio a um mercado tão conturbado, existe um modelo de negócios chamado simplesmente de “Canvas” – também recebe as denominações “Quadro de Modelo de Negócios” e, originalmente, “Business Model Canvas”. Ele é uma ferramenta que auxilia na inovação de modelos de negócios, desde a concepção do projeto de uma nova empresa até as mais antigas no mercado.

É indispensável reiterar que Canvas é um MODELO e não PLANO de negócios.

Para viabilizar o Canvas, um item é essencial: gestores / empreendedores que aceitem pensar de forma colaborativa nas buscas por soluções para os desafios. Sem isso, não há motivos para implantar o modelo.

E durante o processo de implantação, os envolvidos devem compreender o que realmente é um modelo de negócios. Assim é possível iniciar os trabalhos.

Mas o que é o Canvas?

É um quadro utilizado para planejar e visualizar estruturalmente a empresa. A partir dele, os envolvidos terão uma noção dos processos de criação e inovação para atingir os objetivos com segurança.

No quadro, quatro perguntas devem ser respondidas de forma clara, objetiva e – claro – realista: O que? Quem? Como? Quanto?

As perguntas integram nove blocos que que devem receber adesivos fáceis de serem acrescidos, removidos e realocados a qualquer momento. E na falta de quadros específicos, serve parede, porta de vidro, … até nisso a criatividade conta.

E somado ao colaborativismo, os itens anteriores permitem que quatro conceitos sejam formados: pensamento visual, visão sistêmica, cocriação e simplicidade e aplicabilidade.

Os conceitos bem alinhados formariam então a ‘chave do sucesso’.

sped-controle-xmlE como o Canvas pode ser aplicado em um escritório de contabilidade?

Como escritório de contabilidade, você tem duas opções: ser um escritório de contabilidade como qualquer outro e atender a qualquer um que aparece OU ser autoridade em determinada área.

A primeira te oferece maior número de clientes que consomem variados mix de serviços. Ao mesmo passo que naturalmente entra mais recursos para o caixa do escritório, investimentos em materiais, estudos, especializações e outros meios de atualização consomem parte disso, além de tempo. Acrescente-se a isso a perda de foco.

Já a segunda pode gerar menos clientes, mas são aqueles em busca de um serviço especializado em uma ou mais áreas específicas. Muitas vezes esses clientes se dispõem a investir mais e o custo de investimento para especializações é mais equilibrado.

Além dos serviços, há a gestão do escritório que se torna mais complexa na mesma proporção da generalização do que é oferecido.

Logo, para melhor gestão e serviços que agreguem cada vez mais valor aos cliente é necessário fazer escolhas e se tornar autoridade em sua área.

Mas como escolher em qual área focar? Oras, se seu escritório ainda não é autoridade em determinada área ou quer usar alguma outra, entra o Canvas que dará o direcionamento necessário.

Onde encontro materiais úteis para estudar o Canvas?

Recentemente publicamos o post “Ler é fundamental para empreender com sucesso; confira 25 dicas” e dentre eles sugerimos o livro “Inovação Em Modelos de Negócios – Business Model Generation”, de Alexander Osterwalder.

Agora, se você além do livro deseja uma cartilha sobre o Canvas, o Sebrae oferece um material muito bom que pode ser baixado de graça, em formato PDF.

E o que fazer agora?

Inove. Pratique o Canvas. Faça do seu escritório de contabilidade uma autoridade.

“Inovação distingue um líder de um seguidor”, Steve Jobs.

* É permitida a reprodução parcial ou total deste material, desde que citada a fonte com link.

Comentários

Comentários