Pode se achar: contador se tornou indispensável na gestão de empresas

2563
ads-topo-3

Se durante muito tempo o profissional de contabilidade foi visto como aquele que “apenas fazia guias de impostos no final do mês” ou “o responsável por fazer a chata declaração do imposto de renda”, ele agora é cada vez mais imprescindível para uma gestão eficiente em empresas de todos os portes e em muitos casos está mais próximo da imagem de um consultor.

Nos últimos anos a classe foi valorizada e não é mais vista como um gasto, mas como um investimento.

Um dos pontos que influenciaram esta mudança de cenário, é que há alguns anos, quando os preços variavam absurdamente mês a mês, a contabilidade perdia um pouco o sentido e o contador se focava mais em resolver problemas com o Fisco. Mas hoje, o que se vê é uma atuação diferente, mais relacionada ao planejamento tributário e à prevenção, do que o popular de antes “apagar incêndios”.

A implantação do projeto SPED e do eSocial também evidenciaram o papel do contador, que muitas vezes assume uma posição multidisciplinar, orientando a empresa de todas as formas possíveis para que ela não tenha problemas com o Fisco. E por falar em Fisco, como ele tem investido em tecnologias e ferramentas que lhe permitem atuar de modo ainda mais eficaz, o desafio e as responsabilidades desse profissional aumentam.

Diante de tantas exigências, o departamento fiscal das empresas será cada vez mais cobrado  e indispensável. Para que o profissional seja considerado eficiente não bastará cumprir as obrigações acessórias dentro do prazo, pois no mundo do Fisco digital, é preciso também preocupar-se constantemente com a qualidade e a manutenção das informações, fornecendo dados corretos, responsáveis por evitar autuações mais pesadas.

Por incrível que pareça, a maior atuação desses profissionais ocorre em empresas que integram o Simples Nacional: as micro e pequenas, que juntas respondem por 50% dos empregos na área no Brasil.

Ao que tudo indica, a profissão só vai crescer nos próximos anos. Profissionais da área devem se manter atentos à evolução do mercado e as inovações que surgirão daqui para frente, que trarão novas e em alguns casos, desconhecidas demandas – como no cenário da startups.

E já que esses profissionais merecem e precisam estar sempre atualizados, preparamos e-books gratuitos incríveis para eles. Confira aqui, dentre os títulos, “26 ferramentas para profissionais de contabilidade”.

Leia também: Compliance, a partir de agora atenções devem ser voltadas à qualidade dos dados

* É permitida a reprodução parcial ou total deste material, desde que citada a fonte com link.

Comentários

Comentários