Qual a carga tributária da saída interna de gás natural (GN)?

824

Até 31/03/2017, a saída interna de gás natural (GN) está amparada por redução da Base de Cálculo (BC) do ICMS, de forma que a carga tributária resulte no percentual de 12% (doze por cento).

A partir de 01/04/2017, com a alteração do artigo 8º, II do Anexo II do RICMS/2000-SP pelo Decreto nº 62.399/2016, a redução da Base de Cálculo (BC) nessa operação deverá resultar em uma carga tributária no percentual de 15% (quinze por cento) de ICMS.

Base Legal: Art. 8º, II do Anexo II do RICMS/2000-SP; Art. 3º do Decreto nº 62.399/2016.

* É permitida a reprodução parcial ou total deste material, desde que citada a fonte com link.

Comentários

Comentários